terça-feira, 21 de março de 2017

Guamaré-RN; A transposição dos recursos públicos.

A palavra  transposição  está na moda, pois as águas  do rio São Francisco servirá  para aliviar a sede de muitos nordestinos, e é apenas  o começo  de uma nova era. Todavia, tratando -se da transposição dos recursos  públicos do município de Guamare, o que podemos  constatar é  que as verbas públicas saem dos cofres do governo federal , graças ao suor dos trabalhadores , e chega  aos cofres da prefeitura , entretanto, são canalizados de forma  irresponsável, para a população em forma  de serviços,  terceirizados , através  de
licitações temerárias, haja vista que já tivemos licitação anulada  e outras que despertam suspeitas, que deveriam ser melhor explicadas matematicamente ao povo Guamareense, afinal, os recursos  são públicos, mas não é grátis.
       .Somando-se a tudo  isso, o município  recebeu  mais de 1.3 bilhões  de reais  nestes últimos 9 anos, e onde  e como foram aplicados estes recursos, pois sequer  temos uma obra de grande magnitude, exceto a tão sonhada  ETE. O dinheiro  que é feito de papel parece que transforma -se em material  volátil quando chega nesta cidade. A questão  toda passa pela má gestão  do prefeito Hélio que comete lambanças  uma atrás da outra, porque  falta - lhe competência na área  de gestão pública.
          Concomitantemente, excelentíssimos  vereadores que são eleitos  para trabalharem  para o povo, onde fiscalizar as ações  do poder executivo fazem parte de seu trabalho,parecem que ainda não  saíram  do êxtase  de suas eleições ou ainda acham que a população  vai ficar eternamente  assistindo o seu município caminhar  para o precipício.
       Hoje , o blog Fernando a verdade , faz o papel  de fiscalizador das ações do prefeito  com mais  eficiência  do que os ilustres vereadores.

        Vale lembrar que : Intenções -Ação = Nada. Intenção +Ações =Atitude.  Portanto, é de Atitude,  que está   faltando aos  nossos ilustres representantes públicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados