sexta-feira, 24 de março de 2017

OS PREFEITOS DE AFONSO BEZERRA E MESSIAS TARGINO CONSEGUEM FAZER. POR QUE O DE GUAMARÉ NÃO FAZ?.

 
A prefeitura  de Afonso Bezerra, através  de seu excelentíssimo prefeito Chico Bertuleza, é merecedor de aplausos quando  procura investir na área  da educação, proporcionando melhores  condições para os alunos e professores. Fornecer o desjejum aos alunos e professores  da rede pública municipal faz com  que a auto estima dos envolvidos estejam lá em cima; E quando associado à busca de uma melhor qualidade de
ensino fará com que a sociedade ganhe  como um todo.          
Entretanto, o descaso na área da educação na cidade de Guamare demonstra  a falência  desta gestão. É inadmissível que a  prefeitura não consiga sequer fornecer um transporte escolar que leve os alunos  para à escola sem que haja risco de ficar sem combustível, tal como vem acontecendo frequentemente em alguns distritos. A consequência disto é que  os alunos ficam sem ter aula e desanimam. Como também, o calor insuportável dentro das salas de aula de uma escola  recém reformada , simplesmente porque  não fizeram  a instalação elétrica  adequada para atender a demanda  dos aparelhos condicionadores de ar. Isto sem falar, em alguns  problemas  estruturais com relação  a execução  de obras  civis. Fazer reformas nas escolas sem que haja o tratamento devido  aos alunos  e professores, de nada contribuirá  para que a educação no município alcance  o patamar desejável de excelência no ensino.
            Portanto, excelentíssimo prefeito Hélio Willamy, faça acontecer porque os recursos públicos existem.Se a secretaria de educação da cidade de Afonso Bezerra consegue  fazer tendo recursos públicos menores, fica demonstrado a falta de uma gestão competente  do prefeito de Guamare.
       Falando  na cidade de Messias Targino, faz mais de 4 anos  que a excelentíssima prefeita  Shirley Targino foi agraciada  com  um prêmio  por ter implementado  um projeto na área da agricultura familiar na sua cidade. Isto demonstra competência gerencial , ousadia e visão  sustentável; O modelo implementado serve de exemplo  para outros municípios, portanto, por que o prefeito de Guamare  não faz? Valendo salientar que,os recursos públicos  da cidade de Messias Targino, são muitos inferiores aos da cidade de Guamare.
      A agricultura familiar no município poderia deixar de ser apenas de subsistência, e passaria  a  fornecer alimentos à prefeitura, para que nesta usasse na merenda escolar. Portanto, cadê os políticos desta cidade que não apresentam um bom projeto nesta área, ou então,  importa o modelo da cidade de Messias Targino para o município. Não é feio copiar, mas não fazer tendo recursos,é sinônimo de incompetência administrativa.
         Se a cidade de Guamare tivesse um administrador público competente capaz de investir  nas áreas citadas acima, certamente a cidade de Guamare estaria  em outro patamar  de desenvolvimento.               Aliado  a isto, a Secretaria  da Pesca deveria fazer estudos na busca de um bom projeto de beneficiamento de pescados, e em projetos  de cultivo  da Ostra  e Tilapia. No RN existem bons projetos  direcionados neste sentido, que se implementados em Guamare, iriam gerar empregos  e renda, além de fornecer os produtos  à  prefeitura  para uso na merenda  escolar.
           Para que tudo  isto torne -se realidade, é  necessário competência, ousadia e vontade em realizar por parte do prefeito, vereadores e secretários, onde seriam necessários  quebrar muitos paradigmas no tocante  à relação  entre os cidadãos e a  prefeitura.
            É  preciso  olhar para o futuro  do.seu município, inovando em projetos sustentáveis,  e não fazendo comparações  com as gestões passadas.                                                               

O lema deve ser : Trabalho em prol do bem comum, e não apenas  empregos para os meus  eleitores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados