quarta-feira, 22 de março de 2017

Pedro Avelino e Apodi receberão unidades de fontes alternativas

download (1)Com o objetivo de favorecer o produtor rural e gerar fontes alternativas de renda, o Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (SAPE), está implantando duas unidades demonstrativas de Integração, Lavoura, Pecuária e
Floresta. O sistema que concilia as diferentes práticas agropecuárias numa mesma área será construído nos municípios de Apodi e Pedro Avelino.

O recurso de R$ 234 mil é do Governo do Estado, por meio do acordo de empréstimo com Banco Mundial, através do Projeto RN Sustentável. As ordens de serviços já foram assinadas pelo Governador Robinson Faria.

O investimento nas unidades demonstrativas engloba a recuperação de áreas de cajueiro, construção de apriscos e cercas, aquisição de matrizes ovinas e reprodutor ovino, preparação de silagem,
enriquecimento da caatinga, plantio de mudas e ainda a aquisição de equipamentos de proteção e manejo para apicultura.

“O Governador Robinson tem pressa, por isso as obras das duas unidades ( Apodi e Pedro Avelino) serão construídas simultaneamente nas fazendas da EMPARN. Em Dezembro deste ano queremos inaugurá-las”, afirma Vagner Araújo, secretário de metas e projetos do Governo.

A proposta é que o sistema funcione como unidade de referência para os agricultores. “As unidades demonstrativas de Integração, Lavoura, Pecuária e Floresta têm como objetivo garantir uma produção sustentável do ponto de vista econômico, social e ambiental, beneficiando diretamente os agricultores familiares da região’’, relata Fabiano Lima, gerente da UES-SAPE.

Durante o período de execução da obra que vai durar 8 meses os técnicos da EMPARN e EMATER promoverão o intercâmbio e visitas técnicas de agricultores para demonstrar as diversas tecnologias disponibilizadas nessas unidades. A expectativa da SAPE é que outros municípios e até outros Estados tomem como modelo as tecnologias que estão sendo desenvolvidas e adaptadas à agricultura familiar. 
http://www.defato.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados