segunda-feira, 13 de março de 2017

Vasco tropeça no Macaé, que perdeu tudo na Taça GB, e pressão aumenta

fdhgdafh-01212.jpg

O Vasco voltou com Pikachu e Guilherme Costa nos lugares de Gilberto e Wagner. A equipe voltou disposta a partir para cima e quase empatou aos quatro minutos, quando Rodrigo, de cabeça, carimbou o travessão. Aos 11, Douglas assustou em cobrança de falta. Marquinho respondeu em chute defendido por Martín Silva. No
escanteio, a zaga do Vasco novamente falhou, e Alan, livre, cabeceou para fora, com muito perigo.
Cristóvão então sacou Kelvin para a entrada de Muriqui, o que significava que Luís Fabiano ficaria em campo até o fim do jogo. E ele participou do gol de empate. Cabeceou para defesa de Milton Raphael, mas o rebote serviu para Rodrigo mandar para a rede: 2 a 2. E o time logo relaxou de novo. Hudson teve mais duas grandes chances. Aos 36, falta na entrada da área, e quem mandou na trave foi Nenê. A partir daí, o Macaé conseguiu administrar o resultado. Muitas vaias e gritos de “fora” para Cristóvão Borges.
 Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados