segunda-feira, 17 de abril de 2017

Lento, com cara de santo, Garibaldi Alves negociou pessoalmente com empresários corruptos, diz delator

Resultado de imagem para Lindolfo Sales
Lindolfo Sales pode ter sido o ‘chupa cabra’ de Garibaldi Alves
O senador Garibaldi Alves Filho negociou pessoalmente com o ex-diretor da Odebtecht, João Pacífico duas parcelas de contribuição para sua campanha através da ‘caixa
dois’.
Confira o vídeo do delator, denunciando o senador ‘lento’
“João Pacífico (chefe da Odebrecht para o Nordeste) veio a Natal e tivemos reunião na casa de Garibaldi. Lá, pacífico relatou que iríamos contribuir com R$ 200 mil, que foram pagos em duas parcelas”, explicou Parente.
“O senador agradeceu, indicou um interlocutor para operacionalizar, que eu não recordo o nome. Alguém com nome de Leopoldo ou Lindolfo, alguma coisa assim… Era um nome parecido com esse.”
Segundo o delator, o interlocutor do senador foi informado sobre as datas de pagamento. “Não me recordo se o recebimento foi em casa de câmbio em Recife ou São Paulo”.
Segundo o delator, o ‘chupa cabra’ do senador Garibaldi , ele não se lembra, mas poderia ser um tal de “Lindolfo”, tal declaração pode levar a crer que o tal poderia ser Lindolfo Sales, antigo auxiliar do senador, deste o tempo em que foi governador do RN.
Confira o vídeo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados