sábado, 1 de abril de 2017

GUAMARÉ: ESSA MÍDIA É PAGA COM O SEU DINHEIRO

                                    Resultado de imagem para IMPRENSA MARROM
Em outras épocas do nosso país, ditadura, estado de exceção, a democracia a quilômetros, e, mesmo assim a imprensa fazia seu trabalho, mesmo que agisse como a famigerada "imprensa marrom", ou seja aquele que defendia apenas os interesses de determinado grupo da
sociedade. Mas, após o movimento das "DIRETAS JÁ",  o processo democrático desencadeou-se no Brasil. Logo após, veio a Constituição de 1988, em suma, a liberdade de expressão foi consolidada e juridicamente expressa. Mas, o que outrora era ato "marrom", hoje é peculiaridade de tantos meios da comunicação brasileira. O proselitismo dos asseclas de certos "grupos", cada dia imprimem suas opiniões, sempre ao seu modo e da maneira mais sórdida possível, na mente da grande massa que os adquire em seus lares, tornando-os os senhores da razão, influenciadores da verdade, e omitindo da população o fato verídico e consiste. Mentem e omitem a realidade, por medo de perder o controle da sociedade. O medo do povo pensar e falar é enorme. A subserviência do povo a eles é o prato principal desta imundície, desqualificadamente, chamada de imprensa, em todos os âmbitos, inclusive no estado do RN e no viés nacional. Esse (des)compromisso com o segmento político trás para si uma "disenteria" moral. Não se fala de A, nem se toca em B. Porque???? Medo! E só! 

Quando olhamos isso no horizonte de Guamaré, a sujeira é muito mais fétida! Tem blog a serviço, que a cidade pode explodir, mas "VAI TUDO BEM EM GUAMARÉ"! Tenha santa paciência! Não façam de idiota o povo da cidade! Nada vai bem! Está tudo errado! E o POVO sabe muito bem disso! Mas, aqueles que retiram vantagens desta gestão inescrupulosa, fazem de tudo para inserir no povo uma "testeira" - artifício de couro usado em asnos, para que eles não olhem ao seu redor -, visando ludibriar, e assim brincarem com a inteligência da sociedade local. Não é atoa, que o gestor INTERINO buscou alguém muito próximo a mídia para ser secretária de turismo da cidade. Seria, porventura, outra coincidência, ou seria um meio protecionista? Ei, seu menino, não pense que o cidadão de Guamaré é trouxa ou nasceu ontem. Agora, que quem tem a máquina do poder, e nas dimensões da que ela é em Guamaré, faz e desfaz, inclusive compra quantos veículos midiáticos quiser, e isto já está nu e patente aos nossos olhos. E, por fim quem paga esta conta astronômica? VOCÊ CIDADÃO DE GUAMARÉ! Reiteramos a pergunta: QUAL É O MEDO DA MÍDIA FALAR EM GUAMARÉ? Respondam os bons! Quantos açoites o povo precisará sofrer mais, para que, se desperte o interesse das grandes redes de rádio e televisão? SOCORRO JESUS!

Lastimável! Imoral! Desprezível! Literalmente, fazendo o arrastão! Que "novelinha" sem fim..
.https://nettoxavier.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados