domingo, 30 de abril de 2017

João Santana: ‘Dilma sofre de amnésia moral’

O marqueteiro João Santana e Dilma Rousseff durante a campanha de 2014: fazendo o diabo

Dilma Rousseff (PT) realmente tinha conhecimento sobre o uso de caixa 2 em suas duas campanhas eleitorais para a presidência. É a versão confirmada por João Santana em depoimento sigiloso à Justiça Eleitoral, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo. O publicitário também revelou que a ex-presidente não
sabia detalhes sobre os pagamentos, mas se sentia “chantageada” por Marcelo Odebrecht, responsável por turbinar ilegalmente a chapa de Dilma nas corridas presidenciais de 2010 e 2014.
“Infelizmente, sabia”, confessou Santana. “Infelizmente porque, ao me dar confiança de tratar esse assunto, isso reforçou uma espécie de amnésia moral, que envolve todos os políticos brasileiros. Isso aumentou um sentimento de impunidade”, concluiu.
Este esquecimento citado pelo ex-marqueteiro do PT teria impedido Dilma de fazer qualquer tipo de pressão para barrar um acordo internacional entre autoridades do Ministério Público do Brasil e a Suíça, apesar de ter sido avisada que sua situação poderia se complicar. Nem mesmo as ditas chantagens de Marcelo Odebrecht fizeram a ex-presidente mudar de ideia, segundo Santana.
O ministro Herman Benjamin avaliou a confissão como um fato novo e isso pode complicar a chapa Dilma-Temer no julgamento sobre abuso de poder político e econômico nas últimas eleições. João Santana foi uma das últimas testemunhas ouvidas e o processo deve ser retomado na segunda quinzena de maio.

Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados