sexta-feira, 28 de abril de 2017

Prefeitura de Guamaré desviou mais de R$ 2.600.000,00

Resultado de imagem para GUAMARÉA Promotoria de Justiça da Comarca de Macau ajuizou neste mês 26 ações civis públicas (ACP) e 16 ações penais contra o ex-prefeito de GuamaréAuricelio dos Santos Teixeira. O Ministério Público do Estado quer a condenação dele por desvio de recursos públicos na contratação de bandas, de estrutura para festas de carnaval, compra de combustíveis, decoração natalina e carnavalesca da cidade e pagamento de benefícios sociais de complementação do Bolsa Família, programa conhecido como Renda
Cidadã.
Ainda são alvos das ações judicias a esposa do ex-gestor, a filha e a cunhada dele, que era chefe de gabinete.
Segundo o MP, o desvio de dinheiro público da Prefeitura de Guamaré chega a mais de R$ 2.600.000,00 (dois milhões e seiscentos mil reais) e a responsabilidade também recai sobre os empresários que proporcionaram os desvios.
“Ressalta-se que além de o gestor público responder por cometimento de ato de improbidade administrativa, também reponderá por crime de peculato, que tem uma pena privativa de liberdade de reclusão, que varia de dois a 12 anos”, informou o Ministério Público.
G 1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados