terça-feira, 16 de maio de 2017

Juiz manda servidor que atirou em chefes do MPRN para manicômio judiciário


Resultado de imagem para Guilherme WanderleyA Justiça determinou que o servidor do MPRN que atirou no procurador-geral de Justiça do RN e em um promotor no dia 24 de março seja transferido para um manicômio judiciário.

Guilherme Wanderley está preso do Centro de detenção Provisória (CDP) da Ribeira desde o dia 25 de março.
A defesa alega pediu a instauração de incidente de
insanidade mental e o processo foi suspenso até que seja concluída a investigação.
Veja decisão abaixo:

  


Acesse a Postagem Original: http://blogdobg.com.br/#ixzz4hIMOqY8T

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados