quarta-feira, 10 de maio de 2017

Macau: Após 30 anos, prefeito cancela arrecadação de impostos do Mercado Modelo e setor fica sem material para manutenção e limpeza Publicado por admin em 8 de maio de 2017 em Sem categoria

Animais traçam sua comida na porta do
mercado de Macau
Recentemente o prefeito salineiro fez o maior estardalhaço nas mídias municipais, na entrega de duas serras elétricas, no mercado modelo. Fato que os blogs governamentais registraram que faziam 04 anos que não se usava serra elétrica no mercado
público de Macau

Pois bem
Festa na entrega da serra elétrica em fevereiro, mas já se encontra sem funcionar por 2 meses

 Festa na entrega da serra elétrica em fevereiro, mas já se encontra sem funcionar por 2 meses
Após entrega com festa, fogos e grande número de apaniguados presentes, a serra elétrica já faz dois meses que quebrou e ninguém havia tomado providências até recebimento das reclamações.

Achando pouco

Após vários problemas na arrecadação de impostos na feira pública de Macau – fato que não acontecia por 30 anos –  prefeito foi a radio e ressaltou que estaria cancelando a arrecadação dos impostos dos feirantes, impostos que ajudavam na compra de material de expediente para o mercado modelo,  verba que já faz falta na limpeza diária do mercado em questão.

Reclamação com o total abandono



Neste domingo os marchantes sentiram na pela a ausência do poder público no setor; as bancas sujas, fezes de gatos por toda extensão da ala de carnes, falta de material de limpeza e a fedentina tomando conta em pleno horário de funcionamento.

O triste de tudo isso

É que os atuais gestores do mercado modelo batiam foto diariamente em passado recente quando encontravam gatos, fezes e sujeira no mercado modelo. Hoje os mesmos críticos fazem ouvido de mercador para as reclamações cotidianas, por exemplo; na falta de serra elétrica, com as fezes de gatos na ala de carne, falta de limpeza adequada e a falta de material para atender demanda de higiene no local .
http://cidadedosal.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados