quinta-feira, 15 de junho de 2017

A MORTE NOS CERCA GUERREIROS.


A imagem pode conter: 1 pessoa
           Não tem legalidade, mas acho que deveria ser forçado uma situação para que a cada Policial morto em combate ou não, seja morto vinte (20) ou mais bandidos, desde que antecipadamente identificados, cria-se situações legais, pois somos sabedores que estes vermes todos possuem armas e drogas em suas casas... só assim eles mesmos iriam se vigiar e impedir que mais guerreiros morram, se assim não agirmos morreremos todos devagarzinho um por um, não podemos todos
aqui ficar culpando A ou B, temos que arregaçar as mangas da camisa e cair em campo, invadir, prender e matar quando necessário (legítima defesa, estrito cumprimento legal) se assim não agirmos urgente morreremos todos, repito: hoje foi Areia Branca, ontem Natal, amanhã será Macau, guamare, jandaira e outras demais cidades do Estado, estamos com organizações perigosíssimas aqui no RN., se unindo em prol de matar Cidadãos que deveriam ser os guardiões da sociedade e hoje estão encurralados por uma Justiça injusta e perseguidora e conta com alguns profissionais despreparados que não tem vocação alguma são meros funcionários públicos esperando o pagamento no final do mês e só pensam e fazer faculdades e/ou bicos perigosíssimos, são profissionais egoistas que possivelmente serão as próximas vítimas se não reagirem.

            Precisamos reagir urgente, não basta esta ação legal que deve ser bastante elogiado pelos Policiais daquela área porém é pouco, deveria ser vasculhado todo o território Estadual, caçados, presos e mortos, para que a sociedade potiguar volte a confiar na sua polícia que está hoje acusada e com medo isto me incluindo é claro, temos que nos proteger em primeiro lugar e depois agir para proteger a sociedade que é para isso que servimos, proteger mesmo ao risco da própria vida.

         Estes homicídios em várias cidades do Estado em desfavor de vigilantes, policiais civis, agente penitenciários estadual ou federal, guardas municipais, Polícia Militar não é mera coincidência, e sim atos organizados dispersados em cidades variadas para não chamar a atenção, porém são oriundo de comando de facções criminosas em nosso Estado que tem que ser exterminada ou nos e que seremos e; os órgãos de justiça (Promotores, juizes advogados e serventuários) serão em seguida, eles estão se organizando de tal maneira e agindo ordenadamente matando e matando, nos exterminando devagar, ou nos uniremos ou tombaremos e ao tombar vai ficar aquela conversa (de novo, que pena, era bom guerreiro e ETC) vamos para cima destes vermes sem do e sem piedade pois eles não têm escrúpulos e desimam a irmandade da segurança, e lembrar que somos a única barreira entre o mal e o bem, se formos vencidos, o que já está ocorrendo a sua a minha a nossa família e de pessoas de bem estarão nas mãos destes bandidos e isto não pode ocorrer. Retroceder nunca, desistir jamais


LUIZ CARLOS DE SOUZA

Sub tenente PM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados