terça-feira, 27 de junho de 2017

Entrevista: “O meu único adversário no jogo da campanha foi o coeficiente”. Disse Berg da Farmácia.

Conversei durante horas com Wildemberg William de Macedo, mas conhecido por Berg da Farmácia, um comerciante simples, de muitos amigos conquistados ao longo dos anos, um politico sem vaidade, um homem do povo. Em meio a um cafezinho e outro, propus transformar aquela nossa conversa em uma entrevista, e ele aceitou.

Um suplente de vereador preparado, destemido, com foco e direção. Essa foi à impressão que tive, depois de quase duas horas de bate papo com ele na tarde deste sábado (24). Berg continua trabalhando ao lado do povo sem olhar no retrovisor, tampouco tem deixado às picuinhas políticas ocupar o seu precioso tempo.
Com 487 votos no bolso obtidos na ultima eleição, resultado este que levou  Wildemberg William (DEM), a ficar na primeira suplência  da coligação “Guamaré para Todos I”. Berg é presidente do (DEM), em Guamaré, partido que ficou coligado com o governo, mas durante a campanha, o candidato foi criticado por ter em certo momento, precisamente na reta final, ter feito campanha para o candidato adversário a majoritária da outra coligação.
Um politico que não tem lado, “mais precisa ter para conquistar seus objetivos”, já esteve em vários grupos políticos, tem fama de complicado, polêmico e tem temperamento forte. Talvez seja porque ele seja diferenciado no sentido de falar na bucha, na lata, sem vírgula, Berg diz o que sente doa a quem doer, ele não tem liderança, seu líder é DEUS, e seus amigos é o povo, hoje sem grupo politico, Wildemberg trilha o caminho dos solitários em parte, o povo tem sido o combustível pra ele acreditar que dias melhores virão.
Confira o que disse Berg da Farmácia em alguns trechos da entrevista concedida com exclusividade ao portal:
Blog Guamaré em Dia: Como está hoje a sua relação com o deputado José Adécio e com seu partido DEM?
Berg da Farmácia: Cortei o cordão umbilical com o deputado José Adécio, ajudei ele o quanto pude ajudar, ajudei nos momentos que ele precisou de mim, mas quando eu precisei dele, simplesmente ele me abandonou. Nem ele mesmo acreditava na minha expressiva votação, por estas e outras razões não há sequer mais diálogo com o deputado.
Seguirei meu caminho sem seu apoio que quase não tive durante minha campanha, procurarei amigos para juntos trabalhar por Guamaré nas eleições de 2018.
Sobre o partido (DEM), ainda estou filiado e sou presidente do DEM em Guamaré, mas estou vendo juridicamente como devo me proceder nos próximos dias, diante da apresentação do cenário politico que vive o município. Não posso deixar que o cavalo passe selado por mim.
Blog Guamaré em Dia: Como está sua relação com o ex-prefeito Mozaniel e com o atual prefeito Hélio?
Berg da Farmácia: Tenho respeitado eles, e eles tem me respeitado também. Hoje, está cada um no seu quadrado, não guardo magoas de nenhum dos dois, cada um tem suas qualidades, qualidades estas que foram e são avaliadas por mim. Hoje, vivo um novo momento politico em minha vida, estou mais maduro, mais experiente, estou com os pés no chão, sem grupo politico, e apesar de ser um suplente, eu continuo trabalhando ao lado do povo.
Blog Guamaré em Dia: O que você acha da atual situação da câmara de vereadores?
Berg da Farmácia: Os que estão lá foram eleitos pelo o povo, mas não é culpa do povo o que vem acontecendo na câmara de Vereadores. Não preciso mencionar muito, a imprensa vem acompanhando, o povo está vendo o comportamento dos vereadores. A câmara mais parece uma arena de gladiadores, e me permita dizer… O legislativo deixou de ser a casa do povo, a maioria dos vereadores vem pregando que o quanto pior melhor, e não é isto que o povo quer, seja da oposição ou situação.
Blog Guamaré em Dia: Você se sente um vencedor mesmo na suplência?
Berg da Farmácia: Sim, mais que um vencedor, me emociono porque me lembro das lutas e das adversidades que sofri durante a campanha. Foram 487 votos obtidos nas runas que me levou a primeira suplência. Foram votos do povo que reside e mora no município, não foram de fora.
Quase ninguém acreditava numa votação tão expressiva que tive nas urnas, somente DEUS, minha família e meus eleitores. Venci na proporção de votos pesos pesados da politica como o ex-vereador Miranda Junior, Carlos Câmara, Enéas, Rosendo, Barreto, Damião, Nildinho, dentre outros. Sinto-me um vencedor!
Fiz uma campanha limpa, respeitei meus adversários, mais alguns infelizmente não me respeitaram, o maior combustível foi meu DEUS e o povo. Hoje a esperança me fortalece que dias melhores virão, e que ao lado do povo chegarei ao alcançar meu objetivo. Precisei no jogo da campanha bater o escanteio e ao mesmo tempo ter que correr pra tentar fazer o gol. Perdi a campanha com a sensação de vitória, consegui chegar com trabalho a ser o primeiro suplente da coligação, o meu único adversário no jogo da campanha foi o coeficiente.
Blog Guamaré em Dia: Antes de terminar, o que tem a dizer para a população que acreditou e acredita em você?
Berg da Farmácia: Eu tenho dito durante todo o tempo aos meus eleitores e ao povo do meu município por onde eu ando, e também nas redes sociais, que Guamaré precisa acreditar na força que têm. A população está desacreditada no político, na câmara de vereadores, mas é possível acreditar que nós podemos mudar a história de nossa cidade se fizermos diferente.
Agora é preciso que o povo acredite nisso. Por isso, levo ao povo da minha cidade, muita esperança de dias melhores. Quero agradecer pelo o espaço que me foi dado, fiquem com DEUS… Berg está chegando!
http://www.guamareemdia.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados