quarta-feira, 5 de julho de 2017

Náutico desencanta e transforma ABC em primeira vítima na Série B

Foram 12 rodadas de espera, mas, enfim, chegou a primeira vitória do Náutico. O Timbu não precisou fazer um jogo perfeito para vencer o ABC por 1 a 0 na noite desta terça-feira, no Estádio Frasqueirão, em Natal. Bastou o time de Beto Campos ser eficiente e aproveitar o vacilo dos donos da casa para marcar com Gilmar – primeiro dele depois que retornou ao clube pernambucano. O Alvinegro, por outro lado, sofreu a quarta derrota seguida e “ressuscitou” mais um adversário nesta Série B – já havia perdido para CRB e Boa Esporte, que naquele momento da competição estavam na zona de rebaixamento.
O Náutico continua na lanterna, mas agora soma cinco pontos. Com o revés, o ABC se manteve no Z-4, na 18ª posição, com 12 pontos – lembrando que ainda pode ser ultrapassado pelo Luverdense no complemento da rodada, no fim de semana. As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira. O time potiguar encara o Londrina fora de casa, enquanto o Timbu recebe o Juventude na Arena Pernambuco.
No primeiro tempo, os goleiros Edson e Tiago Cardoso foram apenas espectadores. O ABC teve o maior domínio, mas não conseguiu furar o bloqueio montado por Beto Campos. A única vez que o Alvinegro arrancou um suspiro da torcida foi um lançamento de Zotti para Eltinho. E só. Pelo lado do Timbu, Erick era a única válvula de escape, mas não conseguiu muita coisa sozinho.
Na segunda etapa, o ABC chegou bem logo no início. Após passe de Eltinho, Caio Mancha acertou a trave. O Náutico respondeu em seguida com chute de fora da área de Erick. O Náutico fez o gol da vitória aos 22 minutos. Após bola cortada pela defesa alvinegra, Sueliton cruzou e Gilmar cabeceou para as redes. Zotti, também de cabeça, por pouco não empatou. Giovanni, de falta, quase fez o segundo do Timbu. No desespero, Geninho reforçou o setor ofensivo com Marques, Dalberto e Gegê, mas sem resultado efetivo. No final, em lance inacreditável, após cobrança de escanteio, Eltinho cabeceou e Breno conseguiu salvar em cima da linha. Era o dia do Náutico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados