sábado, 1 de julho de 2017

Raquel Dodge acha que Janot se envolveu demais em atritos com políticos

Raquel Dodge, então subprocuradora-geral da República. Em segundo lugar na lista tríplice da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), ela foi nomeada procuradora-geral da República pelo presidente Michel Temer. (Foto: ANDRE COELHO / Agencia O Globo)
Durante a campanha para substituir Rodrigo Janot, Raquel Dodge jamais atacou o colega. Ao contrário. Enalteceu os feitos da Lava Jato. Nos bastidores, porém, afirmou considerar que Janot poderia sair melhor do
cargo se não tivesse se envolvido em tantos atritos com políticos.
Época
Blog do BG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados