terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

VEREADOR ACUSADO DE MATAR EX-MARIDO DA ATUAL ESPOSA SE ENTREGOU NA SEMANA PASSADA.

Vereador Clodoaldo Cardoso em Ji-Paraná se entregou na semana passada.


O vereador Clodoaldo Cardoso (PR), suspeito de ter matado o ex-marido da atual esposa, permanece como titular no cargo público na Câmara Municipal de Vereadores de Ji-Paraná (RO), cidade situada a cerca de 370 quilômetros de Porto Velho. Segundo assessoria da câmara, Cardoso só deve ser afastado ou mesmo perder o cargo se a Justiça, o que ainda não aconteceu.
Segundo a assessoria da câmara, existem três alternativas para que o vereador seja afastado e, em todos os casos, é necessária a intervenção do judiciário.
Segundo a Câmara, o vereador pode ser afastado pelo número de faltas nas sessões. De acordo com o regimento interno da câmara, ele pode faltar até 11 sessões sem votar, porém na 12° já é afastado por falta de decoro parlamentar.
Outra possibilidade é que o suplente do vereador peça o afastamento do mesmo para que ele assuma o cargo. O G1 tentou contato com o suplente, Beto Wosniach (PR), porém até o fechamento da reportagem não obteve resposta.

Fonte: Pâmela Fernandes  G1/Nosso Paraná
Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Um comentário:

  1. E ser muito idiota esse veriador o que ele ganhou com isso matando o seu rival

    ResponderExcluir

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados