sexta-feira, 21 de junho de 2019

Os delírios do prefeito de Guamaré-RN

 Resultado de imagem para dessalinização da agua do mar em guamaréHoje lendo as notícias da blogosfera local deparei-me com o prefeito Adriano querendo ressuscitar esse projeto faraônico da usina de dessalinização da água. Pasmen senhores mas esse empreendimento é caro e inviável para uma cidade de um porte pequeno como Guamaré,e,tivessem um pouco mais de sensibilidade e trato pelo dinheiro público certamente esqueceria esse projeto caríssimo,pois para tornar a água do mar potável é necessário gastar 1,50 dólares por metro cúbico,além do custo de manutenção que é caro.


  A escassez da água no Brasil se dar por diversos fatores como por exemplo a falta de consciência do uso por parte da população,como também a falta de regulamentação para técnicas do reúso da água,além do pouco investimento em infraestrutura e principalmente pelo desperdício onde bilhões de litros de água tratada são jogados fora  literalmente no Brasil diariamente,lembrando que,em Guamaré,o carnaval é na base do mela mela como se a água fosse algo abundante.
  A China  sofreu uma ameaça de seca no seu Nordeste.Para solucionar este problema foi desenvolvido um programa integrado de ações tais como;A implementação de cisternas no país inteiro,e também um programa de selos de eficiência hídrica para vasos,mictórios,torneiras e pias,bem semelhante ao selo Procel de eficiência energética brasileiro.
   Soluções para acabar com a escassez da água no Nordeste brasileiro ,e falando de Guamaré tem várias,mas como sempre, medidas puramente megalomaniácas cujo intuito é eleitoreiro para chamar à atenção da população,como se gastar muito fosse sinal de eficiência,esse parece ser o lema do prefeito. ´
   O prefeito Adriano deveria preocupar-se em melhorar os índices de qualidade de vida da população desta cidade,onde sequer algo básico como os fardamentos escolares da rede pública municipal foram entregues, e isso é desmoralizante para um gestor público de uma cidade que conta com  um orçamente de mais de 220 milhões anuais. O prefeito assim como os vereadores de sua base precisa entender que dinheiro público não é capim,e eleição municipal não é um projeto de poder. A gestão pública municipal desta cidade é cara e ineficiente,os próprios dados oficiais do IBGE atestam isso. 
A prefeitura de Guamaré inaugurou a ETE do Vila Maria, todavia,mas quais são as condições atuais de funcionamento da mesma? Será que está em pleno funcionamento para atender a demanda para qual foi construída? 
 É lamentável ainda existir gestores públicos incapazes de trabalharem através de projetos sustentáveis,e em Guamaré nenhum projeto de grande magnitude foi aprovado e executado para atender a população visando a geração futura; Por isso,esta cidade continua em pleno estado de estagnação política e social,onde se não fosse os royalties da Petrobras esta cidade seria mais uma daquelas onde se passa mas não fica,e o povo sofrendo devido as péssimas gestões públicas.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados