terça-feira, 27 de março de 2012

Seca no ‘Sertão do Cabugi’ causa preocupação


Blog do Capote
A seca que atinge alguns estados da região Nordeste também é sentida no Rio Grande do Norte, especificamente na região Central do Estado. Na Zona Rural do município de Lajes, o assentamento 3 de agosto é um dos que sofrem, atualmente, com a falta de chuvas.
Na última sexta-feira (23), o prefeito da cidade, Benes Leocádio, acompanhado do presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Lajes, César Militão, visitou o assentamento e constatou que, se não houver incidência de chuvas nos próximos dias, a produção na comunidade poderá sofrer um abalo significativo. “Com a falta de chuvas no sertão, não haverá safra e os animais, que já estão sentido os efeitos da seca, poderão morrer”, alertou o presidente do Sindicato dos Produtores, César Militão.
O prefeito, Benes Leocádio, disse que a situação é preocupante na região. Ele informou que tomará medidas para amenizar o sofrimento do homem do campo. “Iremos fazer uma reunião com o nosso secretariado e desenvolver um plano de ação para aquela comunidade”, resumiu o prefeito de Lajes.
Nordeste
Chega a 158 o número de cidades baianas em situação de emergência, por causa da seca que atinge a região Nordeste. A informação foi confirmada pelo Diário Oficial da Bahia, na última semana. Mais de dois milhões de pessoas estão sendo afetadas.
Já no estado do Piauí, 54 cidades se encontram em estado de emergência e mais de 90% das safras de feijão e milho do estado foram perdidas com a seca. “Não podemos atingir esses números. O nosso Governo e as prefeituras locais precisam fazer algo para frear esses dados preocupantes. Ou fazemos algo pelo setor rural, ou poderemos perder safras e rebanhos inteiros”, finalizou César Militão.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados