sexta-feira, 24 de março de 2017

Delegado esteve presente no MPRN em Natal e deu novos detalhes do atentado


O delegado Renê Lopes, responsável pelas investigações, conversou rapidamente com a imprensa no fim da manhã desta sexta-feira(24) em frente ao MP
no bairro de Candelária, na Zona Sul de Natal. Ele confirmou que a Polícia tem avançado na busca pelo suspeito.
Uma outra informação é que o assessor suspeito abriu fogo dentro da sala em que se encontravam os promotores. O procurador-geral adjunto, Jovino Pereira Sobrinho, foi atingido por dois disparos  e Wendell Beetoven Ribeiro Agra, por um.
Blog do BG:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados