segunda-feira, 27 de março de 2017

ELIMINE DORES MUSCULARES E NAS ARTICULAÇÕES COM ESTE REMÉDIO DE ERVAS ANTI-INFLAMATÓRIAS!

Dor e febre, males muito comuns.
Normalmente usamos medicamentos analgésicos (no caso de dor) e antitérmicos (no caso de febre) para tratá-los.
Esses medicamentos, porém, não tratam as doenças apenas: eles intoxicam nosso sangue com muita química nociva, agridem nosso aparelho digestivo, entre
outras consequências.
Como fazer então?
Tentar resolver o problema de forma natural.
É lógico que isso tem que ser feito com responsabilidade.
A receita caseira que vamos ensinar agora é riquíssima em substâncias analgésicas.
E também tem a capacidade de abaixar a febre.
Este remédio natural costuma resolver problemas de dor, febre, gripe e resfriado.
Ele contém quatro ervas medicinais: malva, sálvia, eucalipto e alecrim.
O poder dessas ervas é imenso.
A malva é anti-inflamatória e amplamente usada para tratar bronquite, catarro, dor de garganta, rouquidão, feridas e faringite.
A sálvia também é anti-inflamatória e é indicada nos casos de inapetência, edema, afecções da boca, afta, tosse e bronquite.
O eucalipto é excelente para tratar doenças respiratórias ou alérgicas, como rinite e sinusite.
E o alecrim é especialíssimo, sendo um potente tônico para todo o organismo.
E como se faz esse analgésico e antitérmico natural.
É muito fácil a receita.
Confira:
INGREDIENTES
1 colher (sopa) de malva
1 colher (sopa) de sálvia
1 colher (sopa) de eucalipto
1 colher (sopa) de alecrim
1 litro de vinho branco de boa qualidade
MODO DE PREPARO
Lave as ervas (são encontradas em casas de plantas medicinais e em lojas de produtos naturais) e coloque dentro do vinho.
Agite a garrafa e ponha para repousar por um mês em local fresco e escuro.
É preciso agitar a garrafa de três em três dias.
Depois do prazo de 30 dias, coe a bebida e acrescente 50 gramas de mel.
Feche a garrafa.
Está pronto o analgésico natural de ervas.
Tome quatro colheres (chá) por dia.
Você pode tomar pelo tempo que quiser, mas recomendamos que se interrompa assim que os sintomas desaparecerem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados