quinta-feira, 13 de abril de 2017

NEIDE SUELY TRABALHA INCANSAVELMENTE PARA RECONSTRUIR PEDRO AVELINO


Nesta manhã de quarta feira visitamos a cidade de Pedro Avelino, antes de ir a prefeitura conversar com a prefeita Neide Suely, o carro da nossa redação deu uma circulada pelo o centro da cidade e áreas periféricas.
Na ocasião em que observamos o grau de descuido das gestões anteriores com o seu desenvolvimento. O comércio sendo pouco visitado, até que entendemos a situação da economia local pela própria natureza da circulação de dinheiro numa
urbe onde seu coeficiente de FPM é 06: para uma realidade em que o município sempre foi o maior empregador.

Estabelecemos um dialogo franco e aberto com a prefeita, ouvindo um relato propositivo de quem tem muito a realizar por uma cidade que há 16 anos acumulou problemas com difíceis soluções.
A prefeita foi enfática quando afirmou que se enganou nos cálculos iniciais, achava que diante da falta de transição de poder em 90 dias encontrava o rumo da adequação para o município sair da situação desfavorável que encontrou. Todavia precisa mais tempo para achar o ponto de equilíbrio.
Recuperou a frota escolar, reparos em prédios da rede municipal para o inicio do ano letivo, aquisição de merenda, compra de equipamentos como computadores e outros acessórios para o expediente das demais secretarias, assistência social, abastecimento d'água, unidades de saúde em estado precário precisando ser reformados, hoje tem 4 equipes de ESF trabalhando a saúde da população, aquisição de merenda, incentivo ao esporte e outros efetivos meios de atendimento populacional, foram ações emergenciais de governo nestes primeiros 100 dias.
O grande gargalo foi detectado no perfil estrutural responsável pela funcionalidade da gestão municipal, logo que saímos do gabinete da prefeita para visitar alguns pontos críticos do imenso caos que herdou ao assumir a prefeitura.

Uma das prioridades da gestão municipal será a reconstrução do abatedouro da cidade, cuja imagem é de total abandono, estando a população correndo riscos por consumir carne de origem suspeita por falta de matadouro para o abate dos animais. Esta providência foi encaminhada ao governo do estado e em breve o matadouro será construído noutro local dentro dos padrões sanitários de funcionamento. Há anos este prédio serve de depósito para ferro velho, armazenamento de carros sucateados das frota municipal.
 




Seu Antônio servidor efetivo do município responsável pela chave deste cemitério de veículos, disse á redação, que tem horas que dá vontade de chorar ao ver carros com anos de fabricação jogados no lixo, podendo estar servindo a população. Deu por exemplo uma ambulância que deixou de circular na gestão passada por falta de uma bomba d'água, estando agora muito mais depreciada por conta do desuso.

Encerramos nosso giro de observações defronte a Rodoviária da cidade, uma obra do estado que merece da gestão de Pedro Avelino especial atenção. Segundo comentou a prefeita solicitou do governo Robinson Farias a revitalização deste espaço, sendo esperado uma equipe de construtores para retomada dos serviços com uma ampla reforma, oportunizando abrigo e melhores condições de mobilidade aos passageiros, condutores de ônibus e visitantes.

Uma coisa ficou patenteado durante a visita que fizemos a gestora de Pedro Avelino, seu nível de atenção conosco e sua incansável disposição para reconstruir a cidade que governa pela terceira vez.http://aluiziodecarnaubais.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados