sexta-feira, 7 de abril de 2017

O COMANDANTE DO DESTACAMENTO DA PM DE GUAMARE, LUIZ CARLOS DE SOUZA, esclarece nota do Exmo. Sr. Prefeito Municipal (Interino), descrita no Blog de Josivan Dantas.

A imagem pode conter: 1 pessoa
Sobre o quesito segurança Pública: Guamaré realmente é ícone no Estado do RN., as forças de segurança em especial a PM., sempre doou o sangue pela manutenção da ordem pública e bem-estar da sociedade de bem desta urbe, tentando manter a Paz.
Sobre o monitoramento da entrada da cidade, é louvável a Prefeitura ter implantado na gestão do Prefeito Auricelio, homem responsável pela criação da GM., que se diga de passagem órgão público do município muito bem formada, com sua maioria de homens interessados
e dedicados a sua labuta, e sobre as câmeras todos nós sabemos da sua importância na ajuda para elucidar algumas situações, embora ainda não tenha sido necessário usar sequer uma vez, pois a cidade goza de tranquilidade e paz.
Os GMs., são funcionários públicos municipais de louvável presteza e devem ser respeitados como tal e, os respeito. Porém são seres humanos e não super-homens, são pessoas que estão formadas e preparadas para tentar preservar os patrimônios público do município o que já é um risco enorme e, não deveriam submeter-se a serviços de polícia militar, como blitz e abordagens pessoais e veiculares, por exemplo... podem até agir mas em auxílio à PM., se assim voluntariamente desejarem, fato que estaria respaldado.
A Guarda Municipal desta cidade, diferentemente de outras cidades com maior número de habitantes (da Capital), está defeso o uso de armas letais de porte (revolver e/ou pistolas) ou portáteis espingardas cal. 12, então como uma entidade que merece o maior respeito da PM., pode efetuar abordagens e blitz sem colocar em risco de morte seus componentes, pois se armados estiverem estarão praticando crime (porte ilegal de arma de fogo) e se desarmados estarão em situação pior colocando em risco as suas vidas, pois poderá em uma destas abordagens se deparar com perigosos assaltantes que não se deixarão ser presos por esta grandiosa corporação, fato que ja ocorreu aqui em um passado bem próximo, e se não fosse a grande habilidade do piloto da Vtr. os Mesmo tinham tido suas vidas ceifadas, e com certeza reagirão e possivelmente os matarão (GMs).
Então senhores e senhoras a GM e de grande serventia, no tocante a garantia da incolumidade (preservação) do patrimônio público municipal (escolas, praças, hospitais, Prédios de secretarias, Prefeitura, mananciais dentre outros) e não prestar e executar serviços de Polícia Militar, pra nós que somos preparados para tal, só este ano já perdemos nove (09) guerreiros para o crime, imagine que não tem Ainda este preparo.
O Estado sabe de suas responsabilidades e, a Polícia Militar também, sabemos nossos deveres e obrigações desde a nossa formação onde prestamos um juramento sério e de responsabilidade, mesmo com o risco da própria vida, embora todos na nossa cidade (Guamare) sabem que hoje contamos com apenas seis (06) PMs., para resguarda toda a nossa população, efetivo este dividido em escalas de serviços, para dispensas médicas, folgas e férias, que são seus direitos adquiridos.
Na nossa concepção quando me expressei, não entendo como desafio ou confronto ao gestor municipal que realmente nada tem a haver com a segurança pública, pois ela é dever do Estado realmente, e não da Prefeitura. Mas segundo a Constituição e responsabilidade de todos, e que é uma praxe nestas cidades do interior do RN., desde as datas antigas, antes mesmo de eu (Sub. Carlos) engatinhar nesta árdua missão (preservação da ordem pública) as Prefeitura ajudarem ao Estado a manter a sociedade em paz e segura, inclusive estamos caminhando para o entendimento que as Prefeituras também arcarão com responsabilidades sobre este assunto (segurança).
Com relação a ilegalidades, tenho certeza e sou consciente que a Prefeitura jamais cometerá atos ilícitos na área da segurança pública relacionado a PM., porém em outras pastas não tenho está certeza, pois estão aí as inúmeras cobranças do Ministério Público abrindo todos os dias procedimentos apuratórios para averiguar desvios de verbas públicas no município de Guamare. Isso senhor Prefeito até concordo e também não quero, acho que o senhor entendeu errado, desde março do ano de 2016, que vossa excelência cortou o nosso convênio, mesmo o TCE sendo desfavorável apenas ao pagamento das diárias, e os demais itens do convênio?(combustível, locação de imóveis, água, Luz, manutenção de Vtrs materiais de consumo e permanente, etc) estes não foi dado parecer desfavorável não, pelo menos não tenho conhecimento, e sim está liberado, por que cortou? Hoje senhores e senhoras cidadãos Guamareenses não colocam água nos reservatórios dos dois destacamentos, deixaram cortar a energia do Destacamento de Baixa do Meio, cortaram o combustível, a manutenção das viaturas, e por ultimo a comidas dos Policiais que aqui são lotados.
O Comando local faz seu dever sim, e com muito orgulho, mantendo dentro das possibilidades o Policiamento ostensivo e preventivo, embora com os policiais reduzidos como acima citei, estou diuturnamente com a minha labuta entregue a sociedade Guamareense no tocante à segurança pública e o povo é quem é o termômetro disto.
Algumas determinações a Guarda Municipal, não poderá cumprir por ser usurpação de função. Em hipótese alguma a Guarda Municipal (hoje) pode estar fazendo blitz nas rodovias estaduais (João Pedro filho) sem o devido preparo e sem estar estipulado em lei, além disto o senhor (Prefeito interino) está colocando seus agentes de segurança pública que são limitados a preservação do patrimônio público em perigo de morte. Pois repito os bandidos tão atacando os Policiais, imagine a Guarda Municipal, que não pode e não estar armada. São grandes guerreiros e tem a boa vontade sou testemunha disto, mas também tenho conhecimento que tem limites e estes não podem ser ultrapassados, por ainda não ser as suas atribuições. O comandante tem que ter muito cuidado para depois não responder a processos por pratica de improbidade administrativa dentre outros.
Sobre submeter o Exmo senhor Prefeito Municipal (interino) a responsabilidade sobre preservação de entidades bancárias, menos a verdade, só relatei que o Policiamento comum somos capazes de manter, mesmo com uma equipe bem reduzida, porém sem auxílio e ajuda não só Guamare, mas nenhuma cidade suporta a invasão de trinta ou quarenta homens bem armados como foi em João câmara, touros, Pedro Avelino, Afonso bezerra, alto do Rodrigues, pendências e demais cidades do Estado que foram atacadas, aterrorizadas e saqueadas, porém exaltei Ainda que devido o convênio e minha atitude de responsabilidade, dedicação, planejamentos e execuções dos trabalhos ostensivos fardados, usando viaturas, apetrechos, armamentos, homens destinados e bem preparados, que escolhi a dedo um a um, hoje não tivemos, claro após a celebração do convênio que foi aprovado pela câmara das diárias operacionais, nenhum caso de estouro de quaisquer banco em nossa querida Guamare, que até hoje mais de um ano após ser cortado tal ajuda (marco/2016) Ainda estamos segurando a peteca.
Sobre despesas com a Polícia Militar, enquanto comandante for deste pequeno Destacamento, não estamos limitados a ajudas do Prefeito (interino) por ser consciente que o mesmo está confundindo segurança com perseguição política. e que devido isto o senhor não está prejudicando o Sub. Carlos) está prejudicando a cidade que o colocou lá como um dos seus mais ilustres funcionários público (elegível) conheço todos os meus comandantes do geral, que tive o prazer de servir com ele no GAC, ao imediato da 1 CIPM, sediado em Macau, grande Major Marcondes, e sei de suas idoneidades, são oficiais superiores eficientes, honestos e que tenho certeza jamais tomarão uma decisão sem ser para o nosso bem, pois são parceiros antigos desde segundos tenentes e, não tem máculas nenhuma na sua carreira militar, ao contrário são cidadãos de condutas ilibadas. Por Isso Não me preocupo em interferências do poder executivo junto aos meus comandantes, fato este que já foi tentado, porém sem êxito.
Aqui queríamos dizer que o MP., especialmente da cidade de Macau esta incessante na busca de comprovações que cheguem a veracidade dos fatos relacionados a Máscara Negra, e demais desvios de verbas públicas, que ocorreu nos últimos anos nesta cidade, e ele o MP e sabedor que pode contar e sempre contou com a Polícia Militar para cumprir suas diligências com a maior seriedade possível, com imparcialidade... que jamais ficamos, ficaremos ou queremos ficar ou receber algo que não seja legal, pois somos operadores, braço destes órgãos competentíssimo que jamais se curvaram diante do grande potencial financeiro que está cidade dispõe. A justiça tarda mais não falhará.
Finalizando quero deixar claro a população Guamareense que nunca, enquanto vida tiver-mos seremos omissos nem eu nem meus subordinamos diretos, e não estamos condicionados à recebimentos de quaisquer espécie de etário, pois já somos pagos pelo órgão estatal que é o grande Responsável pela Polícia militar, pois amamos o que fazemos e o fazemos com orgulho e dedicação, nos enquanto comandante do Destacamento só quisemos esclarecer a população a real situação da polícia militar aqui na cidade, que não é diferente das demais cidades, vendo os exemplos dos estouros em cidades do RN., em especial as circunvizinhas, fiquei preocupado e decidi expor os fatos para não ser responsabilizado posteriori, uma vez que segurança pública e obrigação do estado, direito e responsabilidade de todos.
Sub. Carlos,
Cmt. do Destacamento

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados