terça-feira, 4 de abril de 2017

Polícia vai indiciar servidor que atirou em promotores por três tentativas de homicídio

Guilherme Wanderley vai responder por atentado contra dois procuradores e um promotor no RN (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Guilherme Wanderley vai responder pelas tentativas de homicídio contra o procurador-geral de Justiça adjunto, Jovino Sobrinho, e contra o promotor Wendell Beetoven – ambos baleados pelo servidor.
O delegado Renê Lopes disse ao G1RN que Guilherme
também será indiciado pela tentativa de homicídio contra o procurador-geral de Justiça do Rio Grande do Norte, Rinaldo Reis – o servidor atirou contra ele, mas errou os disparos.
POR G1/RN


Blog do BG: http://blogdobg.com.br/#ixzz4dHIs9VzI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados