sexta-feira, 7 de julho de 2017

O VEREADOR ADVOGADO, O ADVOGADO VEREADOR

A imagem pode conter: 1 pessoa
Em Guamaré tem um político que se diz haver sido eleito com votação expressiva em sessão solene, ora se pegasse uma pessoa humilde que não teve oportunidade de se alfabetizar, lhe fornecer centenas de empregos, casas populares para distribuir, direções de órgãos públicos, como PSFs., escolas etc... dinheiro, somado a tudo isto lhe fosse fornecido um diploma de advogado, sei lá como, e depois passasse a defender os bandidos da cidade como este vereador o faz em troca
de votos; é só alguém com o mínimo discernimento sair na comunidade de Baixa do Meio e demais da cidade para ver que a maioria absoluta dos bandidos e seus familiares votaram nele em troca de votos.
Este alguém também seria eleito, como por exemplo, o irmão do Prefeito (Eudes Miranda) pessoa simpática, sorridente, e amigo de todos, sempre ao lado do povo da cidade de Guamaré a ponto de viver nas ruas andando de braços dados e ainda propôs a construção de um presídio na cidade para ajudar o povo teve dois mil votos, assim é a política de Guamaré, que elege pessoas assim como esse advogado de bandidos, pois a população é pobre, a gestão que aí estar não quer que os seus munícipes se profissionalizam para viver a merce de empregos da Prefeitura, por falar nisso está na mira do TCE, por ter funcionários além do permitido, funcionários estes indicados por EDINOR e correligionários do senhor prefeito interino, assim eu também me elegeria rindo.
O povo tem que acordar, não venda mais seus votos para não passar o que estão passando agora, abandonados, expulsos de suas casas por uma ação iniciada pelo prefeito interino que teve como advogado a pessoa de EDINOR, onde foi para dentro de um carro ver a expulsão dos cidadãos que ali estavam e precisavam de moradia... Sabe por que? Porque, as casas eram para doar a seus eleitores, então realmente se seus votos não fossem comprados, não entenderia como um vereador (advogado) seria eleito pelo voto popular expulsando o povo das casas, soltando bandidos, desviando verbas públicas para benefícios próprios e ainda por final tentando desesperadamente me tirar da cidade para nela voltarem os bandidos que botei para correr, pois ele este advogado de bandidos é declaradamente o advogado em apoio com a bel. Juliana do cidadão que tentou ceifar minha vida, Romario Pitibul, famoso traficante aqui e no Estado participante de facções na capital do estado, dos ladroes de carneiros, bois, selas de cavalos, motores, pertences da Petrobas, que com muita perca de sono coloquei para correr da nossa cidade, os lagostas que viciavam os jovens adolescentes e crianças, traficantes vindos de Areia Branca e Aracati no Ceará que também botamos na cadeia e pra correr.
Não tem outra explicação para esta votação a não ser o grande poder aquisitivo que fora trocados por votos de pessoas humildes e que necessitavam de determinadas ajudas que nos não tínhamos como o fazer por não concordar e não ter este amparado que lhe foi dado pela Prefeitura através do prefeito interino Hélio Willame.

Subtenente Luiz Carlos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados