domingo, 30 de julho de 2017

Renato Dantas diz que é perseguido pela justiça e que decretação da prisão é ‘procedimento normal’

Resultado de imagem para renato dantas
Por AGORA RN
O ex-vereador natalense Renato Dantas, condenado na operação Impacto, se manifestou neste sábado, em seu blog, sobre o pedido de sua prisão de 3 anos e 8 meses, pelo juiz da Vara de Execuções Penais, Henrique
Baltazar.
Mesmo com a pena restritiva de liberdade substituída por duas penas restritivas de direitos, o réu não compareceu à audiência admonitória para começar a cumprir a sentença.
Para Renato, que já foi também presidente da Câmara Municipal do Natal, trata-se de um ‘procedimento normal’. Segundo ele, que afirmou estar em São João do Sabugi, a condenação não é de prisão. Trata-se de uma pela de prestação de serviços. “Infelizmente nossa justiça é assim, de todos 24 condenados a Justiça acolheu 23 recursos para STJ, menos o meu… Já estou acostumado com essas coisas”.
Confira a nota na íntegra
Quero avisar aos meus amigos que estou no município de São João do Sabugi na Ilha do Mocó, aqui a Internet é muito precária e dificulta alimentar o nosso Blog do Primo.
A notícia sobre uma decretação de minha prisão, nada mais é que um procedimento normal. Foi expedido uma intimação para comparecer a uma audiência admonitória, mas, certamente pelo fato de morar só, o oficial de justiça não me localizou.. A condenação não é de prisão, trata-se de uma pela de prestação de serviços.. Infelizmente nossa justiça é assim, de todos 24 condenados a Justiça acolheu 23 recursos para STJ, menos o meu.. Já estou acostumado com essas coisas, basta acessar meu Blog do Primo para perceber a razão dessas coisas..
Verifique matérias do nosso blog criticando aumento salarial de juízes e promotores, vejam também que anunciei uma matéria de uma suposta organização criminosa que envolve até um magistrado do RN..
Vamos esperar para vê o que acontece.. Se estão achando que vão calar minha boca, estão perdendo tempo.. Prefiro não acreditar nisso..
Ser condenado pela Justiça potiguar me deixa honrado, ficaria envergonhado caso fosse inocentado.. Aqui no RN se condena pessoas sem provas e testemunhas, quando recorri, o desembargador Expedito Ferreira que sempre me perseguiu, negou meu direito de recorrer e meu advogado Cyrus Benavides ficou sem poder fazer nada.. Segundo o despacho do desembargador Expedito, o advogado Cyrus Benavides errou entrando com um recurso intempestivo..
Agora se estão querendo me prenderem para me colocar numa cela com presos perigosos e eu aparecer morto, só o tempo poderá dizer.. Mas, minha boca ninguém cala…
Estou aqui em São João do Sabugi na nossa fazenda, se quiserem executar a prisão podem vir, não estou fugindo, aqui na fazenda não pega celular, só WhatsApp meu número é 994192855, caso contrário já entrei em contato com o juiz Henrique Baltazar e irei me apresentar na segunda-feira, pelo fato de não existir plantão neste final de semana..                             http://www.blogdomontoril.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários serão avaliados antes de serem liberados